Nave que levou 1ª chinesa ao espaço retorna à Terra

Nave que levou 1ª chinesa ao espaço retorna à Terra, mas capota ao pousar

A Shenzhou 9 aterrissou no norte do país.
Apesar do forte impacto e sacudidas da nave, astronautas nada sofreram.

A nave espacial chinesa Shenzhou 9, lançada ao espaço no último dia 16, retornou nesta sexta-feira (29) à Terra após completar com sucesso o primeiro acoplamento espacial manual realizado pela China. A nave aterrissou por volta das 10h locais (23h de Brasília) no condado de Siziwang, ao norte da região autônoma da Mongólia Interior (norte da China). O pouso esteve longe de ser suave, pois ao tocar o solo o módulo capotou. Pôde-se escutar um forte barulho da batida no terreno. Assista ao vídeo.

Apesar da violência do impacto e das sacudidas da nave, os astronautas nada sofreram e deixaram o módulo como heróis nacionais.

Após 13 dias de missão, os astronautas Jing Haipeng, Liu Wang e Liu Yang, esta última a primeira mulher chinesa a viajar ao espaço, voltaram para casa em boas condições, segundo a equipe médica que os atendeu após a aterrissagem.

A Shenzhou 9 antes e pouco após a aterrissagem no norte da China. (Foto: AP Photo)A Shenzhou 9 antes e pouco após a aterrissagem no norte da China. (Foto: AP Photo)

Os astronautas foram recebidos com uma breve cerimônia, após adaptarem-se à gravidade da Terra e saírem da nave, uma hora depois da aterrissagem.

A tripulação do Shenzhou IX entrará para a história da China por completar com sucesso a quarta missão tripulada produzida pelo país asiático e conseguir realizar o primeiro acoplamento manual entre uma nave chinesa e o módulo espacial Tiangong I, embrião da futura base espacial do gigante asiático.

“Esta conquista teve um significado muito importante para a corrida espacial chinesa”, destacou o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, no Centro de Controle Aeroespacial de Pequim.

Nave espacial chinesa pousa no norte do país. (Foto: AP Photo)Nave espacial chinesa pousa no norte do país. Módulo capotou. (Foto: AP Photo)

Jing Haipeng, Liu Wang e Liu Yang tiveram um pouso tranquilo. (Foto: AP Photo)

Jing Haipeng, Liu Wang e Liu Yang ao lado da nave,
que ficou de cabeça para baixo após o pouso.
(Foto: AP Photo)

A China, o terceiro país a levar astronautas ao espaço, quer demonstrar com seu programa espacial que está capacitada tecnologicamente para trabalhar em bases permanentes no cosmos, em resposta à reserva de países como os Estados Unidos quanto à sua participação na Estação Espacial Internacional (ISS).

O país asiático espera instalar seu primeiro laboratório no espaço em 2016 e dispor de uma base permanente até o final desta década.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: